Cosmofórum


Boletim de Discussão de Astronomia Cosmobrain

Forum de Astronomia Cosmobrain
 
 
 
 
Criar novo tópico Enviar mensagem  [ 51 Mensagens ] 

  Autor

  Mensagem


Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 949
 Registro: 30/05/2004

Offline
Re: O Vácuo

Mensagempor Toninho » Qui, 31/03/2005, 12:46h

Edu escreveu:
( . . . )
de acordo com a mecânica quântica é uma energia residual denominada de ponto zero, uma energia de vácuo negativa.

Veja neste link sobre o efeito Casimir http://www.sbfisica.org.br/rbef/Vol22/Num1/v22_122.pdf
( . . . )


no link acima, menciona-se a possibilidade de outros "efeitos Casimir" devido a campos que não só o eletromagnético;
um dos mencionados é o campo gravitacional !

se pensarmos que estamos imersos nos campos gravitacionais de todos os corpos materiais que existem,
- considerando apenas a gravidade de Newton, que a teoria clássica diz estender-se ao infinito, inversamente proporcional ao quadrado da distância -
será que podemos afirmar que mesmo, no mais perfeito vácuo, existe uma energia potencial gravitacional ( aquela que aprendemos nas aulas de física do ensino médio ) ?
então, mesmo de acordo com a visão setecentista de força e espaço, o vácuo também não poderia ser considerado cheio de energia ?

Abraços.

Toninho.




Nós não apenas ocupamos uma posição desprivilegiada em nosso universo como podemos também estar em um universo desprivilegiado em um multiverso.
Fonte: http://www.if.ufrgs.br/mostrapg/vii/arq ... bsenRB.ppt

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 949
 Registro: 30/05/2004

Offline
erro conceitual?

Mensagempor Toninho » Qui, 31/03/2005, 13:04h

Refletindo sobre o que disse acima, penso que talvez haja um erro conceitual aí !

pois, será que pode se dafirmar que há energia potencial gravitacional ( no sentido newtoniano ), sem uma massa ( o que é o caso do vácuo ) sobre a qual se manifestasse a gravidade ? :shock:

Toninho.




Nós não apenas ocupamos uma posição desprivilegiada em nosso universo como podemos também estar em um universo desprivilegiado em um multiverso.
Fonte: http://www.if.ufrgs.br/mostrapg/vii/arq ... bsenRB.ppt

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 949
 Registro: 30/05/2004

Offline
Campo.

Mensagempor Toninho » Sex, 01/04/2005, 13:02h

Um conceito sempre presente nos textos citados neste fórum, é o do campo: campo eletromagnético, eletrônico, quarquônico, gluônico . . .
Que é que podemos entender por este tal de campo ?

Abraços.

Toninho




Nós não apenas ocupamos uma posição desprivilegiada em nosso universo como podemos também estar em um universo desprivilegiado em um multiverso.
Fonte: http://www.if.ufrgs.br/mostrapg/vii/arq ... bsenRB.ppt

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 4681
 Registro: 13/10/2003

Offline
Re: Campo.

Mensagempor Zeca » Sáb, 02/04/2005, 05:01h

Toninho escreveu:
Um conceito sempre presente nos textos citados neste fórum, é o do campo: campo eletromagnético, eletrônico, quarquônico, gluônico . . .
Que é que podemos entender por este tal de campo ?

Abraços.

Toninho


Campo é a região do espaço que está sob o efeito daquela ação (eletromagnética, elétrica, etc.).




Zeca (30°S 51°W)
http://zeca.astronomos.com.br/astronomia/

"Eppur, si muove." (Galileu)
"...uma humanidade menor em tamanho é necessária, a biosfera não suporta tantos de nós."
Milton Mendonça Jr. - Prof. de Ecologia UFRGS

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 949
 Registro: 30/05/2004

Offline
Re: Campo.

Mensagempor Toninho » Sáb, 02/04/2005, 11:24h

Zeca escreveu:
Toninho escreveu:
Um conceito sempre presente nos textos citados neste fórum, é o do campo: campo eletromagnético, eletrônico, quarquônico, gluônico . . .
Que é que podemos entender por este tal de campo ?
Abraços.
Toninho

Campo é a região do espaço que está sob o efeito daquela ação (eletromagnética, elétrica, etc.).


Obrigado, Zeca.
. . . uma definição sucinta, também clara e completa, sem complicações.




Nós não apenas ocupamos uma posição desprivilegiada em nosso universo como podemos também estar em um universo desprivilegiado em um multiverso.
Fonte: http://www.if.ufrgs.br/mostrapg/vii/arq ... bsenRB.ppt

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Moderador
Moderador
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 5624
 Registro: 05/04/2004

Offline

Mensagempor Edu » Seg, 04/04/2005, 21:15h

Um link com explicações sobre as partículas virtuais/vácuo. Apesar do link ser de matéria de revista de Agosto/83, acho que podemos considerá-lo atual para o assunto: http://www.ift.unesp.br/users/matsas/sab.pdf

Obs: link em PDF.

Até mais.

Edu.




" O Universo não é apenas mais estranho do que supomos,
ele é mais estranho do que somos capazes de supor."
(John Haldane, biólogo inglês, 1892-1964)


19° 54' S 43° 54' O

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Moderador
Moderador
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 5624
 Registro: 05/04/2004

Offline

Mensagempor Edu » Dom, 16/07/2006, 01:52h

Voltando ao vácuo do tópico, vejam isto:

http://www.inovacaotecnologica.com.br/n ... 0165060705

Pode parecer ficção, mas não duvido de que em breve muita coisa interessante vai ser descoberta. Já pensaram no que poderão fazer as nanomáquinas em futuras viagens espaciais de longa duração, utilizando energia retirada do vácuo? :shock:

Até mais.
Edu.




" O Universo não é apenas mais estranho do que supomos,
ele é mais estranho do que somos capazes de supor."
(John Haldane, biólogo inglês, 1892-1964)


19° 54' S 43° 54' O

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 949
 Registro: 30/05/2004

Offline

Mensagempor Toninho » Qua, 27/12/2006, 12:44h

Mantendo acesas nossas pesquisas sobre o vácuo, vejam o que nos traz o especial Sciam Os grandes erros da ciência na pg. 98:

Citação:
Outros efeitos do vácuo quântico [ além do efeito Casimir] também foram medidos. É o caso do desvio Lamb, uma variação dos níveis atômicos devida à interação dos elétrons com o vácuo ; da força Casimir-Polder; do fator giromagnético anômalo do elétron; da emissão espontânea de luz por átomos etc.


Abraços.

Toninho.




Nós não apenas ocupamos uma posição desprivilegiada em nosso universo como podemos também estar em um universo desprivilegiado em um multiverso.
Fonte: http://www.if.ufrgs.br/mostrapg/vii/arq ... bsenRB.ppt

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 67
 Registro: 22/01/2006

Offline

Mensagempor apf » Qui, 28/12/2006, 14:45h

Infelizmente não pude abrir o .pdf para ler sobre isso e vou cair nesse tópico de para-quedas me desculpem mas preciso falar .

Estava assistindo um colóquio de meu professor agora no começo de dezembro sobre física de partículas e as experiências para encontrar o Bóson de Higgs , do qual ele participa ativamente nas pesquisas acho que no TEVATRON do Fermilab e no LHC do CERN , ele falou uma coisa interessantíssima relacionada ao vácuo e partículas virtuais e que mereço citar , foi algo mais ou menos assim :
" Hoje o vácuo perdeu o sentido como ausência de matéria e sim é tratado como a capacidade de algo existir ."

Nunca tinha passado pela minha cabeça isso e agora vejo que a física caminha na direção de concluir que isso seja uma hipótese correta com o advento de partículas virtuais .




Voltar ao topo
 Perfil  
 

Expert
Expert
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 949
 Registro: 30/05/2004

Offline

Mensagempor Toninho » Sáb, 30/12/2006, 14:23h

apf escreveu:
" Hoje o vácuo perdeu o sentido como ausência de matéria e sim é tratado como a capacidade de algo existir ."

Nunca tinha passado pela minha cabeça isso e agora vejo que a física caminha na direção de concluir que isso seja uma hipótese correta com o advento de partículas virtuais .


apf,

lembrei-me que existem pesquisas no sentido de verificar se a massa ( inércia ) dos corpos, aquela do F=m.a newtoniano, não poderia ser entendida como resultante da interação entre as partículas elementares e o vácuo, daí a necessidade de você transferir energia ( aplicar uma força ) para alterar o estado de movimento de um corpo. Quer dizer, poderia ser o vácuo que, de alguma forma, possibilitaria a própria existência da matéria!

Abraço.

Toninho.




Nós não apenas ocupamos uma posição desprivilegiada em nosso universo como podemos também estar em um universo desprivilegiado em um multiverso.
Fonte: http://www.if.ufrgs.br/mostrapg/vii/arq ... bsenRB.ppt

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Novato
Novato
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 61
 Registro: 13/09/2006

Offline

Mensagempor Bogdan » Qua, 21/03/2007, 16:28h

Bom dia Toninho e pessoal do fórum, meu nome é Bogdan e a seis anos aproximadamente veio tentando estimular o estudo do vácuo como algo muito maior que a ciência já lhe tenha dado importância.
O que estou querendo dizer é que muito mais importante que extrair energia dele, o que acredito que de certa forma nós já estamos fazendo, é lhe dar a importância para responder a maior de todas as questões da humanidade, como foi onde o Toninho parou:

AFINAL FOMOS FILHOS DE DEUS, OU SERÁ QUE REALMENTE SURGIMOS DO NADA?
Como disse acima a ciência deveria buscar entender que o NADA já possui um nome e características, VÁCUO.

Explicar nossa existência a partir de um criador é algo impossível, porem explicar nossa existência a partir do nada é algo cientificamente possível.

O que é o Vácuo científico?
É ausência de matéria, que resulta em um campo com a temperatura que denominamos como sendo o zero absoluto.

Como sabemos a termodinâmica é a ação da elevação ou diminuição da temperatura que mais do que agir sobre a matéria em si, ela age dilatando e contraindo os espaços vazios existentes entre a menor das partículas possíveis imagináveis, portanto ela atua sobre a energia do vácuo.

Portanto em zero absoluto toda a energia do vácuo sofreria uma alta contração sobre si mesma e talvez neste instante, que antecede ao BIG BANG seria a resposta para a transformação de energia em matéria.

Após este momento nunca mais seria possível atingirmos novamente esta temperatura de zero absoluto, pois qualquer matéria possui um nível de temperatura próprio acima desta marca, sendo esta a razão da constante expansão do universo que esta sobre a ação da elevação da temperatura, onde mais a frente poderíamos falar sobre os buracos negros, ou ausência de temperatura alta, e mais que isto explicar a natureza da gravidade.

Sabemos que o hidrogênio é o elemento de menor temperatura encontrado e também o mais abundante do universo, não seria pra menos ele ser o resultado da contração da energia fria do vácuo que deu origem a toda a matéria existente em nosso universo.

E acima de tudo para que toda a matéria do universo existisse, antes deveria existir um campo vazio para que ela pudesse se acomodar, e este campo é o VÁCUO.

Para não me tornar cansativo e extenso de mais, gostaria da opinião de vocês sobre o acima descrito, e só para concluir, se E=m.c² então m=E/c², e temos assim a formula que transforma energia em matéria onde E/c² significa que a energia e o surgimento de tudo se deu neste espaço de tempo onde a energia foi comprimida na velocidade de c².

Abraços, e obrigado pela atenção dispensada,

Bogdan.




Voltar ao topo
 Perfil  
 

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 67
 Registro: 22/01/2006

Offline

Mensagempor apf » Qua, 21/03/2007, 21:15h

Bogdan escreveu:

AFINAL FOMOS FILHOS DE DEUS, OU SERÁ QUE REALMENTE SURGIMOS DO NADA?
Como disse acima a ciência deveria buscar entender que o NADA já possui um nome e características, VÁCUO.

Explicar nossa existência a partir de um criador é algo impossível, porem explicar nossa existência a partir do nada é algo cientificamente possível.

O que é o Vácuo científico?
É ausência de matéria, que resulta em um campo com a temperatura que denominamos como sendo o zero absoluto.

Como sabemos a termodinâmica é a ação da elevação ou diminuição da temperatura que mais do que agir sobre a matéria em si, ela age dilatando e contraindo os espaços vazios existentes entre a menor das partículas possíveis imagináveis, portanto ela atua sobre a energia do vácuo.

Portanto em zero absoluto toda a energia do vácuo sofreria uma alta contração sobre si mesma e talvez neste instante, que antecede ao BIG BANG seria a resposta para a transformação de energia em matéria.

Após este momento nunca mais seria possível atingirmos novamente esta temperatura de zero absoluto, pois qualquer matéria possui um nível de temperatura próprio acima desta marca, sendo esta a razão da constante expansão do universo que esta sobre a ação da elevação da temperatura, onde mais a frente poderíamos falar sobre os buracos negros, ou ausência de temperatura alta, e mais que isto explicar a natureza da gravidade.

Sabemos que o hidrogênio é o elemento de menor temperatura encontrado e também o mais abundante do universo, não seria pra menos ele ser o resultado da contração da energia fria do vácuo que deu origem a toda a matéria existente em nosso universo.

E acima de tudo para que toda a matéria do universo existisse, antes deveria existir um campo vazio para que ela pudesse se acomodar, e este campo é o VÁCUO.

Para não me tornar cansativo e extenso de mais, gostaria da opinião de vocês sobre o acima descrito, e só para concluir, se E=m.c² então m=E/c², e temos assim a formula que transforma energia em matéria onde E/c² significa que a energia e o surgimento de tudo se deu neste espaço de tempo onde a energia foi comprimida na velocidade de c².


Opa Bogdan blz ?

Então por partes :
Pelo que sei não existe vácuo perfeito , pois a flutuações quânticas de matéria e energia , portanto , não há zero absoluto (princípio da incerteza) .

Sobre o que você falou da variação de temperatura que age dilatando isso num é bem por ai , na verdade a temperatura tem origem microscópica na agitação das partículas do sistema , ou seja a energia cinética ( fórmula E = k.T ) .
Para contrair ou dilatar num sólido o que rege isso é a estrutura cristalina dos átomos nos corpos sólidos o que depende das forças intermoleculares para formarem a estrutura (forças como as de London ) .
Nos sólidos e gases como num tem uma estrutura definida por serem fluídos , eles se dilatam fazendo pressão no recipiente em que estão .
A origem da pressão , se baseia também na agitação das moléculas (velocidade) .

Depois você comenta sobre o Big Bang e talz .
Isso que você fala do instante de contração máxima da energia do vácuo , um tanto estranho .
Num tem como haver uma contração da energia do vácuo num ponto sem haver uma contração do tecido espaço-temporal , pois essa parte ficaria sem energia , ou seja impossível . Mas isso é só uma idéia , nunca vi nada de pesquisa séria sobre isso , se exagerou um pouco nas idéias ehehe .

Sobre o hidrogênio , é meio bizarro isso de elemento de "menor temperatura" . Ele é o mais estável energeticamente(eu acho) e também o mais abundante pois é o mais fácil de ser feito , apenas um próton com um elétron orbitando .

Sobre a "energia comprimida em c²" que você falou , colocando E=mc² no meio , você pegou pesado .Pela relatividade NADA possui velocidade acima de c .

Sobre o texto em si , você segue uma lógica baseada um pouco em física básica que tá faltando conceitos e deduzindo algumas coisas erroneamente assim como inventando teorias também .

Não veja isso como desrespeito , mas falta bastante embasamento pra ti em física básica mesmo .
Como já li em outros tópicos que você não tem ferramental matemático suficiente pra estudar cálculo e assim uma física mais elegante e formal como nos livros do Nussenzveig , sugiro fortemente que você arranje os livros do Halliday volume 1 ao 4 e vá lendo eles .O Halliday é um livro universitário mas "light" na parte matemática , acho que os conceitos mesmo que você necessita num terá dificuldade em absorver .

Não precisa nem fazer os exercícios propostos , apenas leia ele , a teoria , comece de mecânica e vá seguindo a diante nos volumes seguintes .
As dúvidas que vão surgindo , vá postando aqui , ou mesmo mande MP que eu tento te ajudar(apesar de ter começado agora meu curso universitário :D ) .

Abraços cara ! :)


OFF : Vou começar minha iniciação científica mês que vem galeraaa!! vai ser f.... mas ao mesmo tempo muito bom ahhaah To feliz demais !
Física teórica : estudo de estrelas de Bonnor , o que ocorre com os campos em torno delas , a deformação espaço-temporal ao redor delas(geometria riemanniana!) e também um estudo de buracos negros...alias tem mais coisa mas é que num lembro . Vai ser f.... pacas, cálculo avançado que nem tive ainda , vo estudar sozinho por mim mesmo porque o orientador só orienta ehehe nada mais . :)




Voltar ao topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Enviar mensagem  [ 51 Mensagens ] 

 
Ir para:  
 

 Usuários Online

Usuários online neste fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante
 Todos os Horários são UTC * Todos os IPs são logados.
 
 
Criar novos tópicos: Negado
Responder tópicos: Negado
Editar suas mensagens: Negado
Excluir suas mensagens: Negado
Enviar anexos: Negado