Cosmobrain Astronomia e Astrofísica   AstroAds
  
Cosmobrain
. Artigos Astronômicos Planeta Marte e Vida Extraterrestre  
   
 
:: Artigos de Astronomia :: Origem da Vida na Terra  
Informações Astronômicas:
As Fases da Lua
Calendário Astronômico
Chuvas de Meteoros
Artigos de Astronomia
Satélites de Júpiter
Eclipses
Estações do Ano
Astrofotografia
Referência:
As Estrelas Mais Brilhantes
As Estrelas Mais Próximas
As Constelações
Catálogo de Messier
Comunidade:
CosmoFórum
Bate-Papo
Astrolista
Recursos Adicionais:
Astrolinks
Mecanismos de Busca
Livraria
Página Principal  Identificação do Céu  CosmoFórum

arrow2 Anterior  Índice  

Origem da Vida na Terra
Talvez Sejamos Todos Descendentes de ETs


Prof. Dr. Carlos Frederico Martins Menck


Parte 2

Pouco tempo para muitos mundos


Estas hipóteses parecem contraditórias ao analisarmos o período em que podem ter ocorrido. Como foi dito, o ambiente na Terra era bastante hostil à organização de células, sendo que em um período curto, talvez inferior a 300 milhões de anos (de 3, 8 a 3,5 bilhões de anos atrás), o mundo de RNA cedeu lugar a células similares às atuais, com alto grau de complexidade, contendo DNA como material genético, incorporando o RNA para funções intermediárias e proteínas como agente metabólico.

Desde então as principais modificações que surgiram no processo de evolução, tais como aparecimento do núcleo em eucariontes, seres multicelulares plenamente organizados (estes só apareceram no último bilhão de anos), podem ser consideradas apenas estéticas, com a manutenção do metabolismo geral muito parecido em todas as células conhecidas. Os únicos resquícios do hipotético mundo de RNA são alguns vírus e algumas moléculas de RNA com atividade catalítica presentes nas células a DNA.


Planeta Marte - Cosmobrain Astronomia
Fig.2: Imagem do planeta Marte
pelo Telescópio Espacial Hubble ,1997 .
(Imagem cortesia STScI)


De onde vieram nossos ancestrais?
Viajando em meteoros!


As contradições apresentadas acima, pela rápida evolução e extinção do mundo de RNA, fazem questionar a própria existência de células a RNA na Terra primitiva. A explicação alternativa, de que células a DNA tivessem surgido diretamente há 3,5 bilhões de anos, não é satisfatória uma vez que a alta complexidade é aparentemente incompatível com o que se espera das primeiras formas de vida.

Isto seria possível se, no entanto, os meteoros que fustigavam a Terra trouxeram passageiros, isto é, células suficientemente evoluídas para ter DNA como material genético e metabolismo bastante complexo. Estas células encontraram, inicialmente, um ambiente estéril e puderam evoluir para as formas conhecidas atuais. Assim, o Mundo de RNA pode ter existido apenas em outros planetas. A recente e polêmica observação de evidências de células microbianas em meteorito vindo de Marte é consistente com essa proposta. Ela traz de volta uma discussão antiga de uma possível origem de Vida na Terra a partir de uma colonização do espaço. Idéia conhecida como Panspermia Cósmica.


Meteorito de Marte - Cosmobrain Astronomia
Fig.3: Meteorito Rochoso proveniente de Marte
encontrado na Califórnia, EUA em 1999.
(Imagem cortesia NASA)



Assim, se esta hipótese está certa, é possível não só que encontremos formas de vida em outros planetas (e principalmente Marte), como ainda não seria surpresa se esses ETs fossem de fato nossos ancestrais e tivessem DNA como material genético. Mesmo que a figura do ET dificilmente tivesse dois olhos, uma boca, etc, Spielberg foi brilhante não só por encantar pessoas de todas as gerações, mas também ao identificar a importância do material genético dessa figura tão cativante que foi o seu personagem vindo do espaço.

         Aos céticos, todas as evidências de origem da vida indicam que talvez este não seja um processo tão complexo em si e que pode ter acontecido várias vezes em nosso planeta, ... ou mesmo em outros locais do universo.



arrow2 Anterior  Índice  



Venha discutir este Artigo online no Fórum de Astronomia:

Clique Aqui para visitar este tópico no Cosmofórum.


 
 

 

© Cosmobrain Astronomia 2007
Todos os direitos reservados, proibida a reprodução.


<